terça-feira, 28 de agosto de 2012

Da minha janela

Da janela que se encontra à minha frente vejo:
- no alto, uma réstia do céu por vezes azul límpido, outras mais mascarados em tons cinza;
- às vezes os pássaros também por lá passam, ora num voo solitário, ora em brincadeiras disparatadas de lutas entre si, pelo melhor galho, pela melhor fémea;
- o prédio em frente com a sua vida mundana, a sr.ª do 6º andar que sacode a roupa com uma fúria intensa como se não houvesse amanhã, nem mais roupa para sacudir; a vizinha do lado com o seu jardim de varanda lindíssimo que tenho visto crescer um pouco todos os dias; as vizinhas jovens do 3º andar com as janelas fechadas já a alguns dias; e o resto de janelas fechadas pelos vários andares, que um dia devem ter estado abertas de par em par, para deixar entrar o fresco das manhãs de fim de Agosto e deixar sair a alegria de uma casa com vida;
- as árvores no estacionamento, nas quais o meu olhar descansa várias vezes ao longo do dia, ver o vento dançar com os seus ramos, as suas folhas rodopiando até chegar ao chão;
- os carros dos que partem e os carro dos que chegam para mais um turno de trabalho;
- o sol, hoje escondido atrás de um céu cinza prateado, que ameaça desabar a qualquer momento, deixa os seus raios entrar um pouco envergonhados até mim;
Mas se fechar os meus olhos, nessa altura através da janela que está à minha frente sou capaz de ver tantas coisas, umas mais alegres que outras, mas aí sou eu quem comanda o que quero ver e quando o quero ver..
Neste momento gostaria de ver, um sorriso.

17 comentários:

  1. ai esqueci me de assinar eheheh kiss da MARISA:):):):):):)):

    ResponderEliminar
  2. Eu também queria ver da minha janela gente a sacudir tapetes, já que não vejo ningué a passar ahahah
    Eu da minha janela vejo a igreja da aldeia e as árvores de folhas verdes.

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  3. da minha janela, vejo-te espreitar. venho teus olhos em busca de algo.
    Estou escondido atras da cortina, seguindo os teus movimentos..... e sorrio :)

    Beijinho

    Luis

    ResponderEliminar
  4. Estimada Comadre Carlota,
    Como o mundo é bem diferente, da minha janela tenho uma vista maravilhosa, o mar, a cidade as pontes as ilhas, os passarinhos esvoaçando e os aviões aterrando, hoje o céu está super cinzento chuva cai abundantemente, as vizinhas nunca sacado a roupa, não hábito dos chineses.
    Da minha varanda do 11a. vejo tudo até o sorriso das pessoas que passam, os idosos fazendo ginástica e alguns bracos dragão treiando no lago.
    Fechando os olhos me revejo noutros locais mais belos junto à natureza, lá bem no norte da Tailândia.
    Lhe enviei um cartão com a flor mais bela do Aletejo, não obtive resposta, será que cehgou ao Alentejo já murcha????
    Abraço amigo cá do compadre.

    ResponderEliminar
  5. Da janela (enorme!!) do prédio onde trabalho vejo......outros mamarrachos iguais.
    Em patuá - Macau sã assi!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Ricardo.
    E que sorriso mais fresco eu fui encontrar, junto com o das suas princesas e belíssima rainha, eheheh.
    Beijinhos para todos.

    ResponderEliminar
  7. Anónima Marisa.
    E que lindo que é o teu sorriso!!!
    Beijo

    ResponderEliminar
  8. Anokas.
    E se vires bem, tens tanta vida nessa paisagem. Vê-lá melhor!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Princesas Cozinheiras
    E.
    E que sorriso lindo que tu tens!!! Acho que ouvi mesmo uma gargalhada, eheheh
    7 beijos brilhantes

    ResponderEliminar
  10. Anónimo Luís.
    Assim vais assustar-me!!!
    Mas estou a ouvir o teu sorriso matreiro, eheheheh
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Caro Compadre.
    Gostaria de um dia poder ver uma paisagem assim.
    Já lhe respondi por e-mail ao postal lindíssimo que me enviou e a flor que lá colocou tem um brilho interior tão grande, pena andar um pouco fusco.
    14 beijinhos e abraços para as flores princesas e para os príncipes samurais, eheheh

    ResponderEliminar
  12. Pedro.
    Pois, mas sempre pode fechar os olhos e imaginar outra paisagem, uma paisagem portuguesa, eheheh
    beijocas

    ResponderEliminar
  13. E eu vejo da minha janela a capelinha da Serra da Penha e depois fico a sonhar, ao olhar para ela... Quantas vezes fui até lá em menina, com o meu pai, em adolescente sózinha, mais tarde com o meu marido e os meus filhos, quase em peregrinação... Lá em cima está o céu mais perto e é tão bom sentir assim o céu...
    Beijos e obrigada por esse celestial eheheh... Mamé

    ResponderEliminar
  14. Anónima Mamé.
    Uma vista igualmente bela.
    Para sentir o céu bem mais perto é na Serra de São Mamede, aí sim, envolvida por um denso bosque, ouvir só o vento que corre pela serra, e o céu bem perto.
    Beijinhos

    ResponderEliminar