segunda-feira, 6 de maio de 2013

Maio mais quente

Com Maio chega o tempo mais quente, mais seco.
O mês das festas da cidade, que se comemora a 23.
Lembro-me quando era mais nova, a alegria que era quando chegava o mês de Maio. Pelos campos as margaridas floresciam deixando um manto branco e amarelo até perder de vista. Nessa altura não tinha alergia a nada e passava muitas tardes, a correr pelo campo, perto da casa da minha avó.
Como tradição, colhiámos as ditas margaridas para fazer coroas, pulseiras, aneis, fios para desfilar no dia 23, como Maia. Como nunca fui escolhida, fazia o meu desfile em casa.
Era a mais linda das Maias.
Hoje em dia, as margaridas continuam a florescer, eu é que já não posso andar tão à vontade a correr pelos campos. Por vezes o anti-histamínico é tão poderoso que fico com uma pedrada, que nem me lembro onde ando, eheheheh

5 comentários:

  1. Boa! Hoje saber por onde se anda é um verdadeiro pesadelo... :))

    ResponderEliminar
  2. Hoje não teve nada quente e está a chover :/

    Devia ser giro desfilar toda coberta de flores amarelas. Aqui o pessoal mais velho chama-lhes pampilos.

    Melhoras para as alergias.

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. As maias, as estevas, as flores de agora... a comemoração da primavera!
    A alergia trata-se bem... sem pedradas!
    Bj
    Raul

    ResponderEliminar
  4. Carlota,
    Que saudades de Portalegre!
    Assisti às Maias. Vi coroas de malmequeres e hoje bateu-me a saudade de um tempo que não volta. Vivi em Marvão um ano.
    Beijinho.

    ResponderEliminar