domingo, 29 de abril de 2012

Ilumina-me

Salvador Dali


Quando o quarto minguante 
lá do alto vai rompendo 
Deixa o ceu envolto em prata
Um raio de luz vai nascendo

Movo montanhas, serras e penhascos
Na busca incessante do teu ser
Perco-me, sozinha na noite
No frio procuro me aquecer

A noite continua o meu refúgio
É nela que me sinto segura
Quantos olhos observam
no seu olhar, mais uma criatura

Ouço a tua voz chamar por mim
Ao longe contemplo simples luminosidade
É a chama do Amor
Que nos envolve pela imortalidade 

17 comentários:

  1. A chama será a mesma quando for dia
    E o sol é generoso,
    e quente, e luminoso
    Deixa de te refugiar
    na noite, na luminosidade desse luar

    O poema quer-se pela madrugada

    ResponderEliminar
  2. Estimada Comadre Carlota,
    Adorei seu maravilhoso poema, a Musa e a Afrodite por vezes nos toca, e mesmo à luz da vela, numa noite fria nada melhor que o aquecimento do amor.
    Adorei
    Cumprimentos dos Samurais e cá do plebeu.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  3. belo poema, forte e seguro.
    Que a noite continue te guardando os sonhos e os amores.

    bjs nossos

    ResponderEliminar
  4. Rogério.
    Gosto muito da noite. Gosto do luar.
    Nessa luz que me protege, sempre.
    :)

    ResponderEliminar
  5. Caro Compadre.
    A inspiração até que não saiu nada mal, ainda por cima depois de saber que o meu Benfica perdeu o campeonato.
    Beijinhos para todos.

    ResponderEliminar
  6. Minhas Belas Princesas.
    A noite irá guardar todas as minhas preciosidades.
    O temor no início tem-se revelado mágico, inspirador, fascinante.
    7 beijos brilhantes

    PS: A Mané gostou muito da vossa resposta ao comentário dela. Ela envia beijos para todas´.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respondemos de coração, bjs para ela para você.

      Eliminar
  7. Carlota
    É a magia da noite que muitas vezes nos diz e nos faz sentir e dizer palavras que só mesmo nós sentimos.
    Lindo!

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  8. Mais uma belo poema
    Um pouco diferente de outros que tens escrito, mas com a mesma intensidade e paixão.

    Um doce beijinho

    Luis

    ResponderEliminar
  9. Minha Flor.
    A noite tem uma magia esplendida. Pena só a ter descoberto, já tarde, eheheh
    Beijo

    ResponderEliminar
  10. Pedro.
    Foi uma noite de muita inspiração.
    Beijo

    ResponderEliminar
  11. Anónimo Luís.
    Não acho que seja muito diferente do que tenho escrito.
    A paixão, essa é e será sempre a mesma.
    Ilumina-me
    beijo

    ResponderEliminar
  12. Tão " in love "
    adorei adorei
    Rainer disse "O amor é a ocasião única de amadurecer, de tomar forma, de nos tornarmos um mundo para o ser amado. É uma alta exigência, uma ambição sem limites, que faz daquele que ama um eleito solicitado pelos mais vastos horizontes." e para quem é romântica, estas palavras farão sempre sentido parabéns está lindo
    bjos marisa

    ResponderEliminar
  13. Carlota,

    Parabéns por esta homenagem ao amor!
    Gostei muito. A luz vai manter-se e os dias aproximam-se.
    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar
  14. Anónima Marisa.
    Tão "in love" mesmo. eheheh
    Que românticas tontas que somos, eheheh
    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Ana.
    Obrigado.
    A luz manter-se-á sempre..
    Beijo

    ResponderEliminar